sábado, 13 de julho de 2013

Túneis subterrâneos Descoberto em Jerusalém de 3 mil anos

Recentemente foram descobertos túneis subterrâneas espalhados por toda a Europa, da Escócia à Turquia.
Arqueólogo alemão Dr. Heinrich Kusch, em seu livro "Secrets of the Door subterrâneo para um mundo antigo 'revelou que túneis foram escavados sob centenas de povoações neolíticas em toda a Europa eo fato de que tantos túneis ter sobrevivido 12.000 anos indica que a rede original deve ter sido enorme.

Agora, em outra descoberta, os arqueólogos encontraram um sistema de cavernas subterrâneas sob Jerusalém que remontam pelo menos ao primeiro período entre 10 º e 6 º séculos aC.

Arqueologistas escavaram na antiga área Ofel, perto do Monte do Templo (ou Haram Ash-Sharif ) em Jerusalém, descobriram uma caverna de gesso revestido com um sistema associado de túneis subterrâneos que podem contar uma história sobre a vida lá quando os romanos sitiaram a cidade durante a primeira revolta judaica em 70 DC.

A caverna também parecia estar ligado a uma estrutura datada do período do Primeiro Templo (décima-sexta séculos aC) acima, que contou com canais de água para direcionar a água para dentro da caverna. Isto sugere que os arqueólogos que eles estavam realmente explorar o que era originalmente uma cisterna de água antiga. Dada a localização, a cisterna de água, o que não era uma característica atípica da antiga Jerusalém durante os séculos em que Jerusalém foi governado por israelitas e reis judaicos antes de cativeiro babilônico, em 586 aC, pode ter sido usado pela realeza de Jerusalém para a coleta e armazenamento de água.

Indícios de uso como uma passagem para as pessoas associadas com o período de tempo apenas seguindo Herodes, o Grande, também foi encontrado. Arqueólogos descobriram que algumas paredes foram construídas após a cisterna tinha perdido o seu uso de água e eram altas o suficiente e grandes o suficiente para mover as pessoas de um local para outro.

Os historiadores dizem que estes túneis são os que foram citados pelo historiador judeu Flávio Josefo em sua escrita , a guerra judaica, onde ele falou sobre a criação de cavernas subterrâneas utilizadas pelos habitantes da cidade para se esconder ou fugir de soldados romanos como a cidade foi cercado durante a Primeira Revolta Judaica no ano 70 dC. Infelizmente, seus esforços foram em vão, como eles acabaram sendo descobertos por seus perseguidores romanos e capturado.
O trabalho de escavação em Ofel continua a tentar construir a mais precisa imagem da história e da finalidade da misterioso rede subterrânea e os segredos que se escondem nas paredes frias e escuras que se encontram abaixo da antiga cidade de Jerusalém.


Fonte: http://popular-archaeology.com/issue/june-2013/article/archaeologists-excavate-jerusalem-cave-and-tunnel-network

0 comentários:

Shalom Adonai